sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Existe idade certa para se casar? A ciência garante que sim


Qual é a idade ideal para se casar? A ciência encontrou uma resposta. Um estudo da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, sugere que pessoas que se casam entre 28 e 32 anos têm poucas chances de se divorciar nos primeiros cinco anos de casamento.

Os resultados foram obtidos através da análise de dados da Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar dos EUA nos anos de 2006 a 2013. O sociólogo Nick Wolfinger, o responsável pelo estudo, analisou os números e percebeu que a taxa de divórcio nessa faixa etária é menor.

A pesquisa ainda explica algumas razões pelas quais casar-se entre 28 e 32 anos é bom: nessa época, as pessoas já têm maturidade suficiente para entender se realmente querem compartilhar a vida com outra pessoa e porque a vida financeira já está mais estabilizada. Segundo o estudo, por outro lado, não é bom casar-se muito mais velho do que isso, pois os hábitos de vida da pessoa vão se consolidando ao longo dos anos e podem ser difíceis se adaptar-se ao parceiro. (Estadão)

Nota: Veja alguns comentários de Ellen G. White acerca da idade ideal para o casamento:
"Casamentos precoces não convêm. Relação tão importante como a do casamento, e tão vasta no alcance de seus resultados, não deve ser assumida precipitadamente, sem suficiente preparo, e antes de se acharem bem desenvolvidas as faculdades mentais e físicas." (A Ciência do Bom Viver, p. 358)

"Rapazes e meninas entram em relações matrimoniais com amor imaturo, com juízo não desenvolvido, sem sentimentos nobres e elevados, e assumem os compromissos matrimoniais, completamente guiados por suas paixões juvenis. Afeições formadas em tenra idade têm muitas vezes resultado em uniões infelizes, ou em vergonhosas separações." (Mensagens aos Jovens, p. 452)

"Em consequência de casamentos apressados, mesmo entre o professo povo de Deus, há separações, divórcios e grande confusão na igreja." (O Lar Adventista, p. 80)

"Muito antes de atingirem a idade de homens ou mulheres feitos, julgam-se competentes para fazerem sua escolha, sem o auxílio de seus pais. Alguns anos de vida conjugal são usualmente bastantes para mostrar-lhes seu erro, mas muitas vezes demasiado tarde para impedir seus resultados funestos." (Patriarcas e Profetas, p. 175)
A jornalista, escritora e palestrante adventista Fabiana Bertotti também dá sua opinião:

Um comentário:

  1. Com a idade de 68 a nos de ainda espero encontrar a minha parceira, se Deus o Senhor me quiser dar. A idade é como o Amor!

    ResponderExcluir