terça-feira, 19 de julho de 2016

10 lembretes bíblicos sobre como domar a língua


1 – Escolha as palavras com muito cuidado
“Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem" (Efésios 4:29).

2 – Palavras brandas têm mais poder que palavras ríspidas
“… a língua branda quebra até os ossos” (Provérbios 25:15).

3 – Pense antes de falar
“O justo pensa bem antes de responder, mas a boca dos ímpios jorra o mal” (Provérbios 15:28).

4 – Não fale muito
“Quando são muitas as palavras, o pecado está presente, mas quem controla a língua é sensato” (Provérbios 10:19).

5 – As palavras podem causar tropeços
“Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o corpo” (Tiago 3:2).

6 – Palavras agradáveis são estimulantes 
“As palavras agradáveis são como um favo de mel, são doces para a alma e trazem cura para os ossos” (Provérbios 16:24).

7 – As palavras podem causar grande destruição
“… a língua é um pequeno órgão do corpo, mas se vangloria de grandes coisas. Vejam como um grande bosque é incendiado por uma simples fagulha” (Tiago 3:5).

8 – Se quiser ter uma vida agradável, tome cuidado com suas palavras
“Quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade” (I Pedro 3:10).

9 – As palavras podem ter sido sugeridas pelo inimigo
“Assim também, a língua é um fogo; é um mundo de iniquidade. Colocada entre os membros do nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo o curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno” (Tiago 3:6).

10 – Palavras ríspidas são mais prejudiciais a você mesmo
“Por suas palavras vocês serão absolvidos, e por suas palavras serão condenados” (Mateus 12:37).

“Nossas palavras devem ser expressões de louvor e ações de graças. Se o coração e a mente estiverem cheios do amor de Deus, isso será revelado na conversação. Não nos será difícil transmitir aquilo que experimentamos na vida espiritual. Grandes pensamentos, aspirações nobres, claras percepções da verdade, propósitos altruístas, anelos de piedade e santidade, produzirão frutos em palavras que revelam o caráter do tesouro do coração. Se Cristo for assim manifestado em nossa linguagem, ela terá o poder de conquistar almas para Ele” (EGW, Parábolas de Jesus, p. 337, 338).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...