segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Um inspirador anúncio dos jogos paralímpicos e como tudo começou


“We’re The Superhumans” é o anúncio do canal de TV ‘Channel 4’ para dar apoio à equipe Paralímpica Britânica nos Jogos Paralímpicos do Rio. Embalado por uma canção cativante chamada “I Can”, o vídeo mostra os atletas competindo e em suas tarefas diárias, com a intenção de mostrar como eles são heróis genuínos dentro e fora do esporte que praticam. Vale a pena assisti-lo: (via UpdateorDie)



A Segunda Guerra Mundial deixou um grande rastro de destruição em boa parte do mundo. Quando terminou o conflito, em 1945, o esporte começou a ser usado para a reabilitação de soldados feridos. Era uma maneira de lhes mostrar que a nova condição não significava o fim da vida, mas o início de uma nova forma de viver e os desafios poderiam ser superados.

Em 1948, o médico alemão Ludwig Guttmann tomou a iniciativa de organizar a primeira competição para atletas com deficiência. O sucesso foi tal que, em 1960, foi realizada a primeira edição oficial dos Jogos Paralímpicos, em Roma, Itália. Hoje, o evento é realizado na mesma cidade sede dos Jogos Olímpicos dias depois do encerramento destes.

Em setembro, no Rio, virão 4.350 atletas de 178 países. Eles disputarão 528 provas com medalhas, das quais 264 masculinas, 226 femininas e 38 mistas. Serão 23 esportes, incluindo duas estreias: a paracanoagem e o paratriatlo. Os valores dos Jogos Paralímpicos são coragem, determinação, inspiração e igualdade. E realmente, cada uma dessas características é demonstrada na vida das pessoas que escolhem superar sua condição, em vez de se afundar na tristeza por ser diferente. O lema paralímpico é “o espírito em movimento”. Afinal, muitos dos que participam têm dificuldades de mobilidade, mas o coração e a mente continuam livres.

Enquanto passou por esta Terra, Jesus estendeu cura a muitas pessoas. Algumas dessas histórias estão registradas em detalhes na Bíblia, outras não. O importante é que Cristo sempre ia além da necessidade física e oferecia a restauração espiritual interior. Essa era a cura mais importante.

Quando vejo as dificuldades que muitos enfrentam no dia a dia com uma atitude positiva e um sorriso no rosto, fico pensando no quanto somos tentados a nos chatear sem motivo. Você tem mesmo motivo para reclamar da vida? Por problemas imaginários ou reais? Peça ao Deus da cura que lhe dê um espírito de alegria diante das mais diversas situações.

“Deus nos provê um alívio eterno. Um conforto que não acaba. A vida é cheia de problemas de vários tipos: seu amigo vira as costas, o seu carro morre, você tem doenças ou deficiências. Quantas coisas que nos abatem, nos fazem cair? Quão bom é ir para Deus que nos ama e encontrar conforto em Seus braços? Não há qualquer outro lugar, qualquer outra pessoa, que pode nos dar conforto eterno e boa esperança”. (Nick Vujicic - evangelista e palestrante motivacional )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...