sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Menino brasileiro em protesto contra Trump - Derrubando muros


Entre as milhares de pessoas que protestaram no último dia 12 de novembro em Los Angeles contra a vitória de Donald Trump nas eleições americanas, um menino chamou a atenção dos manifestantes e agora sua foto viraliza na internet. Kaio Pinho, de apenas 3 anos, segurava um cartaz com os dizeres: “Se ele construir um muro, eu vou crescer e derrubá-lo”. Nele, a criança, que tem dupla cidadania, brasileira e americana, assim como sua mãe, Brisa Pinho, se referia a Trump, que durante sua campanha prometeu, entre outras propostas polêmicas, a construção de um muro na fronteira com o México para impedir a entrada de imigrantes no país. 

Brisa conta que ao fazer o cartaz pensou em um sentindo mais simbólico: “Foi no sentido de um muro mais psicológico no caso racial e de ódio. A campanha foi muito baseada nisso. Estava criando uma separação aqui, o que existia menos na época do Obama. Foi no sentido de que se ele construir uma muralha de racismo aqui, o Kaio vai crescer, sua geração vai crescer, e derrubá-la." [G1]

Nota: Muros são erguidos quando começamos a acreditar que somos melhores que os outros, ou, como pensava Jean Paul Sartre, quando achamos que “o inferno são os outros”. Quando isso acontece, muros de separação são erguidos não apenas entre cidades ou nações, mas também entre pessoas, instituições e denominações religiosas. A arrogância, a presunção e a ganância do ser humano são o cimento e as pedras que continuam erguendo muros de separação por toda a parte. 
"Vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo. Pois Ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade." (Efésios 2:13, 14)
Como seguidores de Jesus Cristo, somos desafiados a ver a história da humanidade da mesma maneira como Ele viu. Somos chamados a derrubar novos muros de separação e a mostrar o caminho vivo e novo que pode ser trilhado por todos! - Jesus! Com o martelo do perdão e do amor podemos fazer muito mais do que com o cimento e as pedras da arrogância e da presunção.
"Deus não reconhece distinção alguma de nacionalidade, etnia ou classe social. É o Criador de todo homem. Todos os homens são de uma família pela criação, e todos são um pela redenção. Cristo veio para demolir toda parede de separação e abrir todos os compartimentos do templo, a fim de que todos possam ter livre acesso a Deus. Os muros do sectarismo, casta e raça desabarão quando o verdadeiro espírito missionário penetrar no coração dos homens." (Ellen G. White - E Recebereis Poder, p. 337)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...