segunda-feira, 10 de julho de 2017

Dia da Pizza - Dicas de nutricionista e receita

Criada pelos egípcios e aperfeiçoada durante as cruzadas pelos os italianos, a pizza é uma paixão mundial. Tudo começou com uma mistura de trigo e água, assada em fornos rústicos. Os turcos e fenícios foram os responsáveis por incluir o recheio na receita antes dela desembarcar no porto de Nápoles no século XVI. No Brasil, a pizza desembarcou junto com os imigrantes italianos que se estabeleceram no bairro do Brás, em São Paulo, e foi em meados de 1950 que ela começou a ser difundida fora dos círculos italianos, chegando aos estados mais remotos do país. No dia 10 de julho é celebrado o Dia da Pizza, e para quem não dispensa uma boa pizza em família ou com os amigos aos finais de semana, a nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Cintya Bassi dá algumas dicas para comemorar a data sem culpa.

Segundo a profissional é possível manter o hábito sem brigar com a balança, “Prefira as pizzas preparadas com ingredientes mais leves substituindo, por exemplo, a farinha de trigo pela farinha integral ou de quinoa, com recheio de hortaliças, como brócolis, rúcula, escarola, tomate e queijos magros ao invés de queijos gordos, embutidos como linguiça e presunto e outros alimentos ricos em sal e gordura. Escolha pizzas com massa fina, evitando ingredientes como provolone, gorgonzola, calabresa, bacon, tomate seco e catupiry. Além disso, evite bordas recheadas e comer quantidades exageradas."

Além de maneirar na quantidade de fatias, outra dica importante é a mastigação: “Quem come muito rápido acaba comendo a mais do que precisava. Procure mastigar bem os pedaços, sem pressa, pois assim você dá tempo para o organismo reconhecer que está satisfeito com a quantidade que foi ingerida”, ensina Cintya. Segundo a profissional, manter uma rotina de atividade física aliada a uma alimentação saudável é a chave para manter a forma e a saúde.

A nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão lembra: “A massa da pizza é um alimento calórico. Ela possui em média em torno de 100 calorias na porção e o tipo de recheio escolhido pode facilmente triplicar esse número, variando entre 200 e 500 calorias. Fazendo as escolhas certas, optando por recheios saudáveis é possível saborear essa delícia sem colocar a dieta em risco”.

Receita de pizza
Ingredientes para a massa:
300g de farinha de trigo integral
1 colher de fermento biológico
1 xícara de água morna
1/2 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de azeite

Para a cobertura:
Molho de tomate
Tofupiry
Vegetais variados: brócolis, pimentão vermelho e verde, tomate, cebola, etc.
Azeitonas verdes e pretas
Sal e orégano a gosto
Azeite (para regar)

Preparo da massa
Faça um monte com a farinha e faça um buraco no meio. Nele, coloque o fermento, previamente dissolvido na água morna com o sal e o azeite. Em seguida, vá incorporando os ingredientes e sove até obter uma massa homogênea. Coloque a massa em uma assadeira untada com um pouco de óleo e deixe descansar coberta com um pano, até dobrar de tamanho (aproximadamente 1 hora). Coloque sobre uma bancada enfarinhada e abra-a com o auxílio de um rolo. Volte a massa para a assadeira, pincele com um pouco de azeite, faça uns furos na superfície com um garfo e leve ao forno preaquecido por uns 5 minutos.

Finalização
Fervente o brócolis por uns minutinhos e reserve. Refogue ligeiramente os demais vegetais. Espalhe uma camada de molho de tomate sobre a massa e outra de tofupiry. Em seguida, coloque os demais ingredientes. Tempere com sal e orégano a gosto. Decore com azeitonas verdes e pretas e leve ao forno preaquecido a 180° por 15-20 minutos ou até que massa comece a dourar. Retire do forno, regue com azeite e sirva.

Tofupiry
500g de tofu
100ml de azeite (ou menos)
Suco de meio limão
100g de polvilho azedo
Sal a gosto
Leite de soja (sem sabor)

Modo de fazer
Bata no liquidificador o tofu, com o azeite, o máximo que conseguir. Acrescente sal, o polvilho azedo e o limão e bata mais um pouco. Leve ao fogo, acrescentando leite de soja aos poucos, até dar ponto de requeijão.

Assista também o programa Vida & Saúde da TV Novo Tempo falando sobre a pizza:

“Muita mãe põe a mesa de maneira que se torna uma cilada para a família. Alimentos cárneos, manteiga, queijo, massas e alimentos requintados e condimentos são usados livremente, por adultos e jovens. Esses artigos fazem sua obra em perturbar o estômago, irritando os nervos e enfraquecendo o intelecto. Os órgãos produtores do sangue não podem converter esses artigos em bom sangue. A gordura cozida com o alimento torna-o de digestão difícil.” (Ellen G. White - Conselhos Sobre o Regime Alimentar, p. 354)

Um comentário: