sábado, 27 de fevereiro de 2016

Moradores de rua de São Paulo podem ganhar igreja adventista


O microempresário Michel Prado, 34 anos, afirma que trabalhar no projeto voluntário com os moradores de rua tem sido a atividade mais interessante que já realizou nos 15 anos de ministério na Igreja Adventista. O grupo Arautos da Noite nasceu após uma iniciativa na Semana de Oração Jovem de distribuir lanches quentes para moradores de rua no inverno de julho de 2013. “Depois daquela semana a igreja comprou a ideia”, conta o organizador.

Cerca de 20 voluntários da igreja adventista do Parque São Rafael, no bairro São Matheus (Zona Leste de São Paulo), se reúnem todas as sextas-feiras para acolher a comunidade carente, desfalcada de um lar, alimentação e higiene.

Em sua página no Facebook, o grupo mostra que até em datas comemorativas, como as festas de final de ano, o grupo permanece com o projeto. “Em 2014, realizamos uma semana de oração jovem na rua”, lembra. Já a leitura da Bíblia aconteceu por 4 meses com os moradores de rua.


Reabilitação – De acordo com o censo da cidade de São Paulo, a maior parte dos habitantes em condições de rua são pessoas da faixa etária ativa. Para o coordenador, um dos objetivos é ajudar essas pessoas que, muitas vezes, são dependentes químicos na reabilitação social, física e espiritual. Atualmente, três pessoas foram enviadas para a Clínica de Reabilitação Peniel, que trabalha como parceira do projeto.

Igreja destinada para moradores de rua - O projeto existe, assim como a casa e o terreno no bairro São Matheus. A igreja especialmente para moradores de rua é um projeto que abrange as necessidades de seus futuros membros. “A igreja teria desde os cultos que temos nas outras igrejas adventistas à espaços que eles possam tomar banho, se alimentar e ter terapia”, relata o coordenador. A ideia é congregar 50 pessoas no local. Porém o lançamento tem ficado em espera. “Nós temos um empasse. O grupo conta com 20 pessoas, todas praticantes ativas da igreja do Parque São Rafael, se todos formos nos dedicar apenas à nova igreja, temos medo de desfalcar a outra. Precisamos de mais pessoas, talvez a ajuda de outras igrejas, não sei”, afirma Prado.

Congresso da ASA – O grupo irá contar seu testemunho no Congresso da Ação Solidária Adventista (ASA), intitulado Compassion, que vai acontecer neste sábado, 26, no Colégio Adventista da Vila Matilde. O evento é destinado a 600 pessoas, líderes, associados e interessados nas ações do departamento. Serão dois dias de workshops e palestras sobre como atender as diversas necessidades da comunidade. [Equipe ASN, Michelle Martins - Foto, Marcos Junior]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...