sexta-feira, 1 de julho de 2016

Igreja Adventista: pregação do evangelho sob ameaça na Rússia


Membros da Igreja Adventista na Rússia se mobilizaram na última terça-feira, 28 de junho, num dia de jejum e oração em favor da preservação da liberdade religiosa no país. A principal ameaça é um projeto de lei que prevê sérias restrições para quem exerce atividades missionárias no território russo. A aprovação da proposta proibiria, por exemplo, reuniões religiosas nos lares. Além disso, haveria a necessidade de documentação específica para aqueles que desejassem compartilhar sua fé no ambiente digital ou distribuir literatura. Líderes adventistas da Divisão Euro Asiática, que cobre a maior parte da ex-União Soviética e tem sede em Moscou, também apelaram ao presidente russo Vladimir Putin para que rejeite o projeto, aprovado pela Duma (câmara dos deputados russa). 

O dia de oração e jejum aconteceu simultaneamente ao pedido de Oleg Goncharov, diretor de liberdade religiosa da Divisão Euro Asiática, para que o presidente russo rejeitasse o projeto. “Se essa legislação for aprovada, a situação religiosa no país ficará consideravelmente mais complicada. Muitos fiéis serão exilados e estarão sujeitos a represálias por causa de sua fé. Isso preocupa os adventistas do sétimo dia, que têm conduzido suas atividades na Rússia por mais de 130 anos."

O projeto de lei, que faz parte de um pacote de ações visando a combater o terrorismo, segue para o Soviete da Federação, o mais alto órgão legislativo da Federação Russa. O governo da Rússia ainda não respondeu publicamente ao pedido feito pela igreja. Os defensores dos direitos humanos também pediram mudanças, afirmando que várias medidas antiterroristas violam o direito internacional. 

Para mais informações acesse a Revista Adventista (via Adventist Review)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...