segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Campanha online da Igreja Adventista tira dúvidas sobre a morte


A lembrança dos mortos no dia 2 de novembro nada tem a ver com ensinos bíblicos, porém com tradição da Igreja Católica. Segundo o site da TV Canção Nova, “os primeiros vestígios de uma comemoração coletiva de todos os fiéis defuntos são encontrados em Sevilha (Espanha), no século VII, e em Fulda (Alemanha) no século IX. O fundador da festa foi Santo Odilon, abade de Cluny, o qual a introduziu em todos os mosteiros de sua jurisdição, entre os anos 1.000 e 1.009. Na Itália, em geral, a celebração já era encontrada no fim do século XII e, mais precisamente em Roma, no início do ano de 1.300. Foi escolhida esta data para ficar perto da comemoração de todos os santos”.

Para os adventistas do sétimo dia, no entanto, o dia 2 de novembro não significa necessariamente uma data para orar em favor dos mortos. Pelo contrário, de acordo com o entendimento da Igreja, com base em diferentes livros da Bíblia, os mortos não possuem consciência alguma do que se passa, mas há a esperança da ressurreição.

Foi criada uma campanha com vídeos e outras informações a respeito desse assunto chamada Além da Morte. Segundo o gerente de Marketing da sede sul-americana adventista, Victor Trivelato, a campanha envolveu a criação, inclusive, de um curto vídeo para “levar o internauta a se interessar pelo assunto da vida após a morte e, ao mesmo tempo, permitir que ele conheça e estude mais profundamente o assunto”. [Com informações de Notícias Adventistas]

Veja o vídeo produzido pela Igreja sobre o assunto:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...