quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Videogames podem contribuir para um estilo de vida saudável?


Em uma de nossas pesquisas na Universidade Loma Linda, investigamos qual o valor dos videogames com exercícios (jogos eletrônicos com atividade física). O resultado foi publicado no jornal Global Pediatric Health (Volume 3:1-6, 2016) e descreveu os videogames que têm um componente de exercício – o que vamos chamar aqui de “exergames”. Os mais conhecidos são o Wii, Dance-dance revolution (DDR) e aqueles que se jogam no PlayStation.

Nosso estudo comprovou que há um gasto calórico durante o exergame semelhante ao de uma caminhada. Os jogos de boxe e beisebol foram os que obtiveram o maior gasto energético. Porém, o resultado mais importante do estudo foi o fato de que as crianças aumentaram sua autoconfiança ao jogar os exergames, e 96% delas começaram a praticar o esporte real depois da fase de estudos.

Eu diria que essa modalidade não substitui o exercício ao ar livre, que considero o mais importante. No entanto, se você tem problema com os filhos que ficam várias horas sentados jogando videogames, esta é uma opção saudável. E mesmo para alguns de nós, adultos, se temos uma vida mais sedentária, essa prática pode ajudar.

A simples prática de atividades durante o dia, como caminhar, subir ou descer escadas, trabalhar no jardim e mesmo as tarefas da casa, são exercícios e valem como tal. Nesta lista, quem sabe poderíamos adicionar o exergame. Por que não? E mais: para aqueles que não tem motivação para fazer exercício, aí está uma nova opção. E, talvez, para os mais idosos, que não tem mais a capacidade de praticar os exercícios reais, esta seria uma alternativa válida, já que os riscos de acidentes, quedas e contusões são realmente baixos.

O que está na moda agora é o tal de Pokémon Go. Não vou entrar em detalhes sobre o efeito psicológico do mesmo ou se o jogo produz adição ou não. Na verdade, hoje em dia as pessoas ficam viciadas em praticamente qualquer coisa. Assim, é preciso desenvolver um equilíbrio mesmo com os videogames. Os jovens podem praticá-los, mas isto sem interferir em sua vida, seus estudos e sua vida espiritual. Isto vale para todos os jogos eletrônicos e mesmo para a televisão, tablet, smartphones e computador. Deve haver limites.

Finalmente, a mensagem é que existem jogos eletrônicos no mercado que podem ser utilizados para o benefício da família. Um dia fomos convidados a ir a um jantar com amigos que tinham o Wii. Depois da refeição, tivemos ótimos momentos com os jogos, nos divertimos e, ao mesmo tempo, praticamos exercícios. Assim, se o jogo não envolve matanças ou violência, produz momentos de qualidade com a família e ao mesmo tempo exercício, penso que há virtude no mesmo.
“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” (Filipenses 4:8)
Hildemar Santos (via Notícias Adventistas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...